Experiências sensoriais e outras atrações marcam a SAC no Fundamental II

Estudantes abordam reflexões profundas sobre temas da atualidade


Com exposições únicas e reflexões profundas sobre temas relevantes e atuais, os estudantes do Ensino Fundamental II mostraram conhecimento, trabalho em equipe e muito engajamento na Semana de Artes e Ciências do Colégio Anglo Leonardo da Vinci. Aprender a estudar na prática ficou em evidência mais uma vez.


Divididos em salas temáticas, uma turma do 6º ano compartilhou sua pesquisa sobre o livro paradidático “Alice no país das Maravilhas” e promoveu experiências de leitura e sensoriais. Outra fez uma “Viagem pelo Egito Antigo” e apresentou jogos de tabuleiros. “Pré-História e Grécia” tiveram seu lugar garantido na exposição de cerâmica feita pelos alunos. Ainda nesta série, o público conferiu a problemática do “Aterro controlado, lixão e as consequências socioambientais”.


No 7º ano, um grupo fez a mostra com máscaras de carnaval de Veneza, vitrais e outros projetos em “Idade Média”. Outro fomentou a reflexão “Podemos confiar nos sentidos?”, com pensamento do filósofo René Descartes. O público teve os sentidos tato, olfato, paladar, audição e visão despertados em uma dinâmica valiosa.


Temas da atualidade fomentaram diversas construções no 8º ano. Houve a exposição “Eu reciclo”, com uma variedade de objetos que fazem parte do lixo descartado indevidamente. Em outra sala, os estudantes mostraram as “Terapias medicamentosas usadas no combate de doenças e seus sintomas”, como fitoterapia, homeopatia e alopatia.


Os alunos do 8º ano também propuseram duas peças teatrais e, com muita criatividade, trabalharam as histórias: “O Juiz de Paz na Roça” de Martin Pena, comédia de costumes que trata de corrupção e abuso de autoridade, e “Sonho de uma Noite de Verão”, de Willian Shakespeare. As famílias contemplaram a “Revista Mais Anglo Teen”, mais uma produção significativa deles.


O 9º ano enriqueceu a SAC com apresentações de robôs e protótipos  pensados em “Tecnologia na reciclagem” e com o estudo que fez a respeito da “resistência e movimento negro contra escravização”. Neste trabalho, o objetivo foi expor as consequências da escravidão no Brasil, as contradições sociais e injustiças que recaem hoje sobre a população negra. A turma inovou e criou ainda uma mistura caseira eficiente para limpeza e outros fins.


O potencial criativo ficou em evidência e todos mostraram que Aprender a Estudar todos os dias e na prática faz toda a diferença!